Será D. Manuel 1º que levará a bom termo a tarefa de reformar os Forais, com a emissão de novos forais, mesmo para aquelas terras que ainda não o tinham, como era Sever.

À semelhança do seu antecessor, nas primeiras Cortes que se realizaram, em Montemor-O-Novo a 1495, os representantes dos Povos voltaram-se a queixar.
Diziam que os forais estavam escritos em latim e em português antigo e que havia muitas discórdias entre os Povos e os oficiais do Rei e opressões pelos Senhores das Terras.

D. Manuel passou à acção e a 22 de Novembro de 1497, envia uma carta que ordenava que todos os forais fossem verificados e emitidos novos forais actualizados.

Ao mesmo tempo que desencadeava esta reforma, D. Manuel 1º também executou a reforma dos Pesos e Medidas. Existiam vários pesos e medidas no reino, e isso estava bem visível nos diversos forais antigos. Então, havia que tornar os pesos e medidas iguais em todo o reino e assim figurarem nos novos forais.

Foral Manuelino de Lisboa
PT/AMLSB/CMLSBAH/CHR/005/012/0001

Entre 1500 e 1520 foram emitidos 589 forais, sendo que a grande parte (237) foram emitdos no ano de 1514, como aconteceu com o Foral de Sever.

<<< 2.1 – As Queixas dos Povos

3.1. Como e para quem foi feito? >>>